Oriana Pataco, Diretora JB

Conheci Rogério Oliveira já ele era, há quase uma década, presidente da Associação Cultural e Humanitária da Bairrada no Luxemburgo (ACHBL). Poucos meses depois, convidava-me para estar presente nas comemorações do 10.º aniversário da associação que fundara naquele país, que o acolhera e onde se sentia um homem realizado e feliz.

No passado fim de semana, a ACHBL, fundada por este anadiense, assinalou o 20.º aniversário. Com pena minha, não pude desta vez estar presente mas sei que, rodeado de amigos bairradinos e luxemburgueses e sendo a festa animada por um duo que eu tanto admiro (Saxo Box), tudo correu de feição. Em tão distinta data, a presidente da Câmara Municipal de Anadia, Teresa Cardoso, fez questão de marcar presença e de Anadia e da Bairrada levou as felicitações à associação que tão nobre missão tem cumprido no Luxemburgo, e ao homem que há 20 anos a fundou, tendo em 2015, recebido a Comenda de Ordem de Mérito Civil, atribuída pela Presidência da República portuguesa.

A ACHBL e o Comendador presidente têm sido reconhecidos por diversas entidades, particularmente no Luxemburgo, ao longo dos anos. O seu trabalho tem-se distinguido por ajudar instituições de solidariedade em Portugal e no Luxemburgo, bem como pelo apoio a pessoas carenciadas, ou com necessidades especiais.

Sempre que vem a Portugal – e felizmente fá-lo com frequência – Rogério Oliveira gosta de estar com os amigos e dá-me a honra de ser um deles. Da última vez, voltou a lembrar um sonho antigo, o de ver erguido em Anadia, sua terra natal, um monumento de homenagem a todos os bairradinos, em particular anadienses, espalhados pelo mundo e que orgulham as suas gentes e as suas raízes. Certamente que terá aproveitado a presença da autarca anadiense para lançar o repto.

Parabéns à ACHBL, ao seu presidente e equipa, pela missão (bem) cumprida.