Fotografia: COF

Já não há equipas bairradinas na Taça Distrito de Aveiro, onde se jogou a 5.ª eliminatória. As bolas paradas foram decisivas para o Oliveira do Bairro ser afastado no terreno do Esmoriz.

Já o Mourisquense, em casa, diante do Paivense, apenas caiu na lotaria das grandes penalidades, depois de um nulo no tempo regulamentar.

O Vista Alegre fez história ao eliminar, também nos penalties, o primodivisionário Lourosa.

E como não há duas sem três, o Alvarenga eliminou o Milheiroense também nos penalties.

 

I DIVISÃO

 

1-O campeonato regressa e logo com o dérbi bairradino entre Mealhada e Oliveira do Bairro.

Os mealhadenses continuam mergulhados na última posição apenas com 7 pontos. Já os Falcões estão em zona de descida, isto contando com as eventuais descidas de clubes filiados na Associação de Futebol de Aveiro e que disputam o Campeonato de Portugal, estando neste lote Pampilhosa e Estarreja.

Nem sempre a equipa que está melhor na classificação leva a melhor. O Mealhada vem de dois empates em casa; o Oliveira do Bairro, depois de 9 jogos sem vencer, ganhou na última jornada ao União de Lamas, então terceiro classificado, o que trouxe outra moral à equipa.

Tratando-se de um dérbi, sempre com alguma rivalidade e adrenalina pelo meio, apostamos numa tripla.

 

II DIVISÃO

 

SÉRIE C. 1-Domingo realiza-se a última jornada.

Com o Vista Alegre campeão da série e da subida à Divisão Pró-Nacional da próxima época, e com Fermentelos, Oiã e Mourisquense garantidos na nova 1.ª Divisão, o grande atrativo da última ronda é saber quem fica no segundo lugar, que pode dar acesso a nova subida, à Divisão Pró-Nacional.

O Fermentelos parte em vantagem com dois e três pontos de vantagem sobre oianenses e Pilatos.

A equipa da Pateira fará a receção ao Águas Boas, uma partida entre vizinhos e onde tudo pode acontecer. Os fermentelenses atravessam excelente fase e são favoritos. Os canarinhos têm o sétimo lugar garantido.

O jogo grande engloba dois candidatos, Mourisquense – Oiã e, um deles, forçosamente irá perder pontos, ou até os dois se se registar um empate, o que pode favorecer o Fermentelos. Será um jogo para tripla.

A LAAC recebe o Estarreja B e não se prevê um jogo fácil para a equipa de Aguada de Cima, pois os forasteiros pretenderão manter o quinto posto, pois têm à perna o Valonguense, que joga no terreno do Rocas do Vouga e parte como favorito.

O Sosense desloca-se ao terreno do Beira-Vouga na procura de pontos para subir dois ou três degraus na classificação.

O Macinhatense, último classificado, joga em casa com o Pessegueirense. Empate em perspetiva!

 

SÉRIE D. 1-Prevê-se uma jornada de emoções fortes, pelo segundo e quarto lugar. O Famalicão vai tentar manter a invencibilidade em Bustos, onde a equipa da casa está obrigada a pontuar para garantir a quarta posição. A equipa de Amorim Nunes tem mais dois pontos sobre o Carqueijo, os mealhadenses, em casa, frente ao Ribeira/Azenha, têm, à partida, um jogo fácil e tudo pode mudar. Mas um empate chega ao Bustos, pois ganha no confronto direto com o Carqueijo.

Luta titânica pelo segundo lugar com o Calvão a receber o vizinho Juve Force. As duas equipas estão separadas por um ponto (vantagem para os calvonenses) e, tratando-se de um dérbi, será jogo de resultado imprevisível.

O Mamarrosa vai a Antes na esperança de ganhar e fechar a época em bom plano (o sexto lugar já não lhe foge), assim como o Luso no reduto do Santo André.

O Aguinense despede-se em casa com a receção ao Paredes do Bairro. Duas equipas num mau momento e, quem cometer menos erros, poderá sorrir no final.

O VN Monsarros, que fez um ponta final de campeonato extraordinária, joga no reduto do CRAC e tem boas hipóteses de pontuar.   

O Lorem Ipsum é um texto modelo da indústria tipográfica e de impressão. O Lorem Ipsum tem vindo a ser o texto padrão usado por estas indústrias desde o ano de 1500, quando uma misturou os caracteres de um texto para criar um espécime de livro.

Este texto não só sobreviveu 5 séculos, mas também o salto para a tipografia electrónica, mantendo-se essencialmente inalterada. Foi popularizada nos anos 60 com a disponibilização das folhas de Letraset, que continham passagens com Lorem Ipsum, e mais recentemente com os programas de publicação como o Aldus PageMaker que incluem versões do Lorem Ipsum.